Cicloturismo: para contemplar e descobrir as paisagens naturais de Minas

Paulo Campos

18 de out. de 2021

Jornal O Tempo - Novas rotas aproveitam as tendências atuais do turismo na pandemia para atrair amantes das pedaladas

A Ciclo Jacutinga é um conjunto de 15 percursos circulares, que somam 678 km. Os trajetos entre cada uma das cidades, que têm em média 50 km, chegam à altimetria de 1.600 m. Ela se inicia e termina em Santa Rita de Jacutinga e abrange dois Estados (Minas e Rio), duas regiões (Serras do Ibitipoca e Vale do Café), sete municípios e dez vilas.

“Criei a rota por conta do crescimento da procura pelo cicloturismo na região”, conta Gil Cunha, que, além de ciclista, é secretário municipal de Cultura e Turismo. “Ela se encaixa perfeitamente na nova tendência do turismo na pandemia”. Pelos trajetos, estão 15 cachoeiras, picos, mirantes, beleza cênica, fazendas históricas e rico patrimônio cultural.

“Queremos transformar Santa Rita na capital do cicloturismo no Brasil”, ambiciona o idealizador da rota, que já firmou parceria com o grupo Pedal Duro. Outro objetivo é gerar renda para as comunidades rurais e envolver a população no projeto. “O desejo é que o cicloturismo seja, no futuro, uma das principais atividades da cidade”, enfatiza.

A Ciclo Jacutinga já nasce com três recursos: mapeamento por GPS para ser baixado em aplicativo em celular, planilhas de navegação que podem ser impressas para orientar os ciclistas e placas de sinalização. Por esse motivo, o roteiro é autoguiado, ou seja, pode ser percorrido sozinho ou em grupo.

Para a professora e ciclista Solange Teodoro de Almeida, 49, o cicloturismo é uma higiene mental e dá sensação de liberdade. "Todo dia você se desafia". resume. Das 15 ciclorrotas da Ciclo Jacutinga, ela percorreu duas, mas "tem as outras de cor na cabeça". "A gente nunca sabe o que vai encontrar pelo caminho";

Dos trechos que percorreu, ela destaca as microrrotas da Bandeira, que momento está fechada aos visitantes, e do Boqueirão. Muitas das trilhas levam até atrativos interessantes, como a Pedra Lisa. à serra do Pacau e à fazenda Santa Clara. E os caminhos se multiplicam para se chegar a cada um deles.

As trilhas também levam às cachoeiras, como Véu da Noiva, do Batismo, do Boqueirão e da Bandeira, todas ótimas para um banho refrescante. As atrações na Ciclo Jacutinga segundo Solange, são infinitas e os cenários, deslumbrantes. Ela inclusive recomenda fazer os percursos na companhia de um guia.

Link: https://www.otempo.com.br/turismo/cicloturismo-para-contemplar-e-descobrir-as-paisagens-naturais-de-minas-1.2557620